Skip to main content

O que é Marketing Omnicanal?

Hoje, as empresas precisam fazer mais do que simplesmente anunciar em diferentes canais, porque os clientes gostam de pular de um para outro à vontade - e espelhar o comportamento do consumidor é vital para todas as equipes de marketing e publicidade.

Os profissionais de marketing estão respondendo a isso integrando todos esses pontos de contato, graças a uma abordagem chamada marketing omnicanal – uma ideia que foi adotada pela primeira vez por lojas de varejo e é regularmente lançada por todos os tipos de profissionais de marketing no momento.

Pelo nome, você provavelmente descobriu que tem algo a ver com a forma como você interage com os clientes por meio de todos os seus diferentes canais.

E é exatamente isso que é - uma abordagem que prioriza o consumidor que fornece uma experiência de compra perfeita em todos os canais, incluindo e-mail, mídia social e assim por diante.

O marketing omnicanal está rapidamente se tornando a estratégia mais comum, com 74% das empresas em processo de integração em suas operações ( Coresight).

Este artigo analisará como ele difere do marketing multicanal, antes de analisar os benefícios de uma estratégia omnicanal para os profissionais de marketing.

Como o marketing omnicanal é diferente?

Para responder a essa pergunta, primeiro precisamos entender o que veio antes dele – que é o marketing multicanal.

Esse termo se refere à prática de se comunicar com os clientes por meio de diversos canais, incluindo e-mail, redes sociais e texto – ou seja, feira padrão de marketing digital.

O foco do marketing multicanal está nesses diversos canais – do social ao mobile, com objetivos específicos para cada um. Com essa abordagem, os clientes interagem com a empresa por meio do canal que preferirem e encontrarão ali um caminho lógico para a compra.

Essa tem sido uma estratégia eficaz para as empresas, mas com uma fraqueza óbvia, pois cada canal é efetivamente isolado um do outro - dificilmente ideal quando 67% dos clientes usam vários canais para concluir uma única transação (Salesforce).

Também pode significar que a experiência do cliente é desigual, o que pode causar confusão ou frustração e diminuir a confiança.

Ao juntar tudo, o marketing omnichannel remove esses problemas. Ele inclui todas as melhores qualidades do marketing multicanal, mas adiciona um ingrediente mágico - o foco na experiência do cliente.

Pois, em vez de focar no canal, o marketing omnichannel é sobre o cliente e ver a experiência digital através de seus olhos. Seu objetivo é manter um diálogo contínuo com os consumidores, independentemente do meio que eles usam em um determinado momento.

O marketing omnicanal, portanto, inclui todos os canais existentes, incluindo a Internet e o mundo real - com cada um trabalhando em conjunto para criar uma jornada unificada do cliente e talvez até algo especial.

Isso significa que os clientes podem pular do laptop para o smartphone e do seu site para as mídias sociais, e cada nova interação ainda parece uma continuação do que veio antes.

Assim, se as diferenças entre marketing multicanal e omnicanal tivessem que ser resumidas em uma palavra, seria integração.

Praticamente, os seguintes são exemplos claros de marketing omnichannel:

  • Um cliente recebe uma mensagem de texto promocional enquanto caminha pela loja
  • Um cliente em potencial vê um lembrete no Facebook sobre um produto deixado na cesta de compras on-line em seu site
  • Um cliente recebe suporte por meio de bate-papo ao vivo, mas pode alternar entre o telefone e o tablet durante a conversa

Quais são os benefícios do marketing omnicanal?

O marketing omnicanal só funciona quando todos os canais são atualizados automaticamente com informações, e que isso seja espelhado em todas as mensagens. Ele também precisa da martech certa para permitir que a estratégia seja consistente, envolvente e eficaz.

No entanto, quando bem feito, traz consigo enormes benefícios. Os clientes obtêm uma experiência de compra integrada, consistente e personalizada, enquanto as empresas se beneficiam de maior alcance, mais engajamento, maiores vendas e melhores níveis de retenção e satisfação do cliente.

É também uma ótima maneira de alcançar novos segmentos de clientes e aumentar a eficiência operacional, pois as empresas não precisam se preocupar em criar e implementar estratégias para cada canal de marketing que possuem.

Quais são os componentes do marketing omnicanal?

Uma estratégia de marketing omnichannel será bem-sucedida se incluir os três componentes a seguir:

  1. Canais de marketing - as empresas precisam identificar todos os canais que utilizam para comercializar e vender seus produtos, sejam eles totalmente online ou direto do computador
  2. Consistência - as empresas devem configurar cada canal para que cada ponto de contato interaja efetivamente entre si ao longo de toda a jornada do cliente
  3. Personalização - as empresas podem engajar clientes e prospects enviando mensagens automatizadas e personalizadas para eles que refletem sua posição específica na jornada do cliente naquele momento

Impulsione sua estratégia com o Analytics

Hoje, qualquer negócio que valha seus produtos estará utilizando mais de um canal, e faz todo o sentido otimizar a maneira como eles trabalham juntos.

É certo que pode levar mais tempo e dinheiro para criar do que uma estratégia de marketing multicanal mais simples, mas quando feita corretamente, é infinitamente mais eficaz.

No entanto, o marketing omnichannel depende muito dos dados do cliente para rastrear as interações entre os canais, o que significa que uma ferramenta de análise de dados deve ocupar um lugar de destaque em sua pilha de martech.