Skip to main content

Churn

TL;DR

O churn representa a percentagem de clientes perdidos num determinado intervalo de tempo (por exemplo, um ano, um trimestre, etc.), e pode ser calculado dividindo o número de clientes perdidos pelo número de clientes iniciais no referido intervalo de tempo. Churn = (Nlc/Nic)*100

Nlc = Número de clientes perdidos Nic = Número de clientes iniciais

Qual é a rotatividade do cliente?

A rotatividade de clientes, conhecida como taxa de rotatividade, representa a porcentagem de clientes que pararam de usar o seu produto ou serviço em um intervalo de tempo específico (por exemplo, um trimestre, um ano). Enquanto a maioria das empresas calcula o churn pelo Número ou porcentagem de clientes perdidos, algumas aplicam a mesma fórmula (e prazo) para calcular a porcentagem de receitas perdidas recorrentes. Por que o churn de clientes é importante? Os clientes a longo prazo são os melhores para a receita do negócio, já que custa mais adquirir novos clientes do que manter os atuais engajados! Conhecer a taxa de rotatividade ajuda uma empresa a entender se o processo de aquisição vs. retenção está funcionando e onde os processos podem ser otimizados para obter maior receita e vida mais longa do cliente. Um processo de retenção estável significa maior receita e menos custos de aquisição!

Como calcular a taxa de churn (rotatividade)

Calcule a taxa de rotatividade dividindo o Número de clientes que cancelaram seu serviço em um intervalo de tempo específico (por exemplo, um ano) pelo Número de clientes que você tinha no início desse tempo.

Churn = (Nlc/Nic)*100 Nlc = Número de clientes perdidos Nic = Número de clientes iniciais

Digamos que você começa o ano com 1200 clientes e termina com apenas 900. Rotatividade = (300/1200)*100 Rotatividade = 25%.

300 representa o número de clientes perdidos (1200-900=300), e a sua taxa de rotatividade seria de 25% porque você perdeu 25% dos seus clientes.